domingo, 26 de março de 2017

LEONEL MARTINIANO DE ALENCAR

Leonel Martiniano de Alencar, primeiro e único barão de Alencar nasceu no Rio de Janeiro no dia 5 de dezembro de 1832 e morreu no Rio de Janeiro no dia 26 de março de 1921. Importante político, advogado e diplomata brasileiro. Filho do senador José Martiniano Pereira de Alencar (1794-1860) e Ana Josefina de Alencar (?), e irmão do escritor José de Alencar (1829-1877). Foi embaixador plenipotenciário em diversas ocasiões e eleito deputado em 1869. Agraciado com o grau de comendador da Ordem Militar de Cristo e da Ordem de Isabel, a Católica, além de ter sido elevado a cavaleiro da Imperial Ordem da Rosa e da Imperial Ordem de Cristo. Foi sócio benemérito do Instituto Histórico e Geográfico do Brasil (I.H.G.B).
Recebeu o Título de Barão de Alencar conferido pelo Imperador Dom Pedro II por decreto imperial em 7 de novembro de 1885.



Resultado de imagem para SELO DE JOSÉ DE ALENCAR
JOSÉ DE ALENCAR

Resultado de imagem para SELO DE JOSÉ DE ALENCAR
JOSÉ DE ALENCAR

LUDWIG VAN BEETHOVEN

Ludwig Van Beethoven foi batizado em Bonn no dia 17 de dezembro de 1770 e morreu em Viena no dia 26 de março de 1827. Grande compositor alemão, do período de transição entre o Classicismo (século XVIII) e o Romantismo (século XIX). É considerado um dos pilares da música ocidental, pelo incontestável desenvolvimento, tanto da linguagem como do conteúdo musical demonstrado nas suas obras, permanecendo como um dos compositores mais respeitados e mais influentes de todos os tempos. "O resumo de sua obra é a liberdade", observou o crítico alemão Paul Bekker (1882-1937), "a liberdade política, a liberdade artística do indivíduo, sua liberdade de escolha, de credo e a liberdade individual em todos os aspectos da vida".

LUDWIG VAN BEETHOVEN


LUDWIG VAN BEETHOVEN


LUDWIG VAN BEETHOVEN

Resultado de imagem para SELO DE LUDWIG VAN BEETHOVEN
LUDWIG VAN BEETHOVEN

SARAH BERNARDT

Henriette Rosine Bernardt nasceu em Paris no dia 22 de outubro de 1844 e morreu em Paris no dia 26 de março de 1923. Conhecida mundialmente por Sarah Bernardt, foi uma atriz e cortesã francesa, já chamada por alguns de "a mais famosa atriz da história do mundo". Bernhardt fez sua reputação nos palcos da Europa na década de 1870, e logo passou a ser exigida pelos principais palcos do continente e dos Estados Unidos. Conquistou uma fama de atriz dramática, em papéis sérios, ganhando o epíteto de "A Divina Sarah". Seu papel mais marcante foi o da peça A Dama das Camélias de Alexandre Dumas. Visitou o Brasil quatro vezes, as duas primeiras ainda durante o reinado de D. Pedro II. Na última visita, durante uma encenação, sofreu um acidente que lhe gerou sérios problemas em sua perna e que culminou, anos depois, em sua morte. Sarah Bernhardt foi representada em dois filmes brasileiros, O Xangô de Baker Street e Amélia.


SARAH BERNARDT


Resultado de imagem para SELO DE SARAH BERNHARDT
SARAH BERNARDT

Resultado de imagem para SELO DE SARAH BERNHARDT
SARAH BERNARDT

Resultado de imagem para SELO DE SARAH BERNHARDT
 ALPHONSE MARIA MUCHA AUTOR DOS CARTAZES PARA OS ESPETÁCULOS DE SARAH BERNHARDT REALIZADOS NA FRANÇA, DE 1894 A 1900.

JOSEPH-IGNACE GUILLOTIN

Joseph-Ignace Guillotin nasceu em Saintes (França) no dia 28 de maio de 1738 e morreu em Paris (França) no dia 26 de março de 1814 aos 75 anos. Importante médico francês que propôs, em 10 de outubro de 1789, o uso de um dispositivo mecânico para realizar as penas de morte na França. Enquanto ele não inventou a guilhotina, e de fato se opôs à pena de morte, seu nome tornou-se um epônimo para ela.



JOSEPH-IGNACE GUILLOTIN



JOSEPH-IGNACE GUILLOTIN

CECIL JOHN RHODES

Cecil John Rhodes nasceu em Bishop's Stortford, Hertfordshire (Inglaterra) no dia 5 de julho de 1853 e morreu em Muizenberg (África do Sul) no dia 26 de março de 1902 aos 48 anos. Importante colonizador e homem de negócios britânico. Foi também um personagem essencial no projeto britânico de construção do caminho de ferro que ligaria o Cairo, no Egito, ao Cabo, na África do Sul, nunca realizado. É também um dos principais fundadores da companhia De Beers, que na atualidade detém aproximadamente 44% de todo o mercado mundial de diamantes, mas que um dia foi responsável por 90% dele. Ficou famosa a sua divisa pessoal "So much to do, so little time..." (Tanto para fazer, tão pouco tempo...).

Imagem relacionada
CECIL JOHN RHODES

Resultado de imagem para Cecil Rhodes
CECIL JOHN RHODES

Imagem relacionada
CECIL JOHN RHODES

Resultado de imagem para Cecil Rhodes
CECIL JOHN RHODES

SPIRÍDON LOUIS

Spirídon Louis nasceu em Marousi (Grécia) no dia 12 de janeiro de 1873 e morreu em Atenas  (Grécia) no dia 26 de março de 1940 aos 67 anos. Spirídon Louis foi um corredor de longa distância e campeão olímpico grego, o primeiro homem a vencer uma maratona olímpica, nos I Jogos Olímpicos da Era Moderna, em Atenas 1896. Natural de Marousi, hoje um subúrbio ao norte de Atenas, seu pai era um vendedor de água mineral na capital, na época sem uma central de abastecimento de água, e Spiridon carregava água ajudando o pai, além de pastorear ovelhas nos campos nas cercanias da cidade. Após sua vitória, tornou-se um herói nacional grego até os dias de hoje. O complexo esportivo onde se localiza o Estádio Olímpico de Atenas, local dos Jogos Olímpicos de 2004, é batizado em sua homenagem.
Resultado de imagem para SELO DE  Spiridon Louis
SPIRÍDON LOUIS

Resultado de imagem para Spiridon Louis
SPIRÍDON LOUIS

FUAD 1º

Fuad I nasceu no Cairo (Egito) no dia 26 de março de 1868 e morreu no Cairo no dia 28 de abril de 1936 aos 68 anos. Foi Sultão e, posteriormente, Rei do Egito e do Sudão, Soberano da Núbia, Kordofan e Darfur. Nono monarca do Egito e Sudão pertencente à dinastia Muhammad Ali, tornou-se sultão em 1917, sucedendo seu irmão mais velho, Husayn Kamil (1853-1917). Adotou o título de 'rei' quando o Reino Unido reconheceu a independência do Egito, em 1922.
            
FUAD I

FUAD I

[King Fuad I - New Design, type AM] [King Fuad I - New Design, type AM1] [King Fuad I - New Design, type AM2] [King Fuad I - New Design, type AM3]

FUAD I