segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

LÚCIO MARÇAL FERREIRA RIBEIRO LIMA COSTA

Lúcio Marçal Ferreira Ribeiro Lima Costa nasceu em Toulon, França no dia 27 de fevereirode 1902 e morreu no Rio de Janeiro no dia 13 de junho de 1998 aos 96 anos. Importante arquiteto, urbanista e professor brasileiro. Pioneiro da arquitetura modernista no Brasil, ficou conhecido mundialmente pelo projeto do Plano Piloto de Brasília. Devido às atividades oficiais de seu pai, o almirante Joaquim Ribeiro da Costa, morou em diversos países, o que lhe rendeu uma formação pluralista. Estudou na Royal Grammar School em Newcastle, no Reino Unido, e no Collège National em Montreux, na Suíça.
Retornou ao Brasil em 1917 e, mais tarde, passou a frequentar o curso de arquitetura da Escola Nacional de Belas Artes, que ainda aplicava um programa neoclássico de ensino. Ele formou-se Arquiteto pela Escola em 1924. Apesar de praticar uma arquitetura neoclássica durante seus primeiros anos (defendendo em certos momentos uma arquitetura neocolonial), rompeu com essa formação historicista e passou a receber influências da obra do arquiteto franco-suíço Le Corbusier (1887-1967).




LÚCIO COSTA
LÚCIO MARÇAL FERREIRA RIBEIRO LIMA COSTA


LE CORBUSIER
Charles-Edouard Jeanneret-Gris

HENRY WADSWORTH LONGFELLOW

Henry Wadsworth Longfellow nasceu em Portland, Maine, EUA no dia 27 de fevereiro de 1807 e morreu em Cambridge, Massachusetts, EUA no dia 24 de março de 1882 aos 75 anos. Importante poeta estadunidense. Longfellow graduou-se em 1825, após o que percorreu a Europa. Na Alemanha, familiarizou-se com o romantismo. Iniciou sua carreira com a tradução das "Coplas", de Jorge Manrique (1440-1479). Em 1836, voltando aos Estados Unidos, lecionou francês e espanhol em Harvard. Alcançou sucesso ao publicar o livro de poesia “Vozes da Noite” (Voices of the Night), em 1839, onde se encontra o célebre poema “O salmo da vida” (The Psalm of Life). Em 1854 abandonou o ensino e passou a se dedicar à literatura, publicando uma série de poemas narrativos, tais como “O Canto de Hiawatha” (The Song of Hiawatha, 1855), visão idealizada da vida indígena e “O Namoro de Miles Standish” (The Courtship of Miles Standish, 1858), narrando o romance de um seu antepassado. Em 1872, publicou uma trilogia sobre o cristianismo, “Cristo: um Mistério” (Christus: a Mistery). Em 1876, publicou uma tradução de "A Divina Comédia" de Dante Alighieri (1265-1321)
Encontra-se colaboração da sua autoria na revista O paquete do Tejo (1866).
Foi amigo de Dom Pedro II (1825-1891).




HENRY WADSWORTH LONGFELLOW




HENRY WADSWORTH LONGFELLOW




JORGE MANRIQUE



DANTE ALIGHIERI



DOM PEDRO II

IVAN PETROVICH PAVLOV

Ivan Petrovich Pavlov nasceu em Ryazan(Rússia) no dia 26 de Setembro de 1849 e morreu em Leningrado(Rússia) no dia 27 de Fevereiro de 1936 aos 87 anos. Importante fisiólogo russo.
Foi premiado com o Nobel de Fisiologia ou Medicina de 1904, por suas descobertas sobre os processos digestivos de animais. Ivan Pavlov veio no entanto a entrar para a história por sua pesquisa em um campo que se apresentou a ele quase que por acaso: o papel do condicionamento na psicologia do comportamento (reflexo condicionado). Na década de 1920, ao estudar a produção de saliva em cães expostos a diversos tipos de estímulos palatares, Pavlov percebeu que com o tempo a salivação passava a ocorrer diante de situações e estímulos que anteriormente não causavam tal comportamento (como por exemplo o som dos passos de seu assistente ou a apresentação da tigela de alimento). Curioso, realizou experimentos em situações controladas de laboratório e, com base nessas observações, teorizou e enunciou o mecanismo do condicionamento clássico.




IVAN PETROVICH PAVLOV


IVAN PETROVICH PAVLOV

Resultado de imagem para IVAN PETROVICH PAVLOV
IVAN PETROVICH PAVLOV


IVAN PETROVICH PAVLOV

Imagem relacionada
IVAN PETROVICH PAVLOV

Resultado de imagem para IVAN PETROVICH PAVLOV
IVAN PETROVICH PAVLOV



Imagem relacionada
E\D WILLIAM RAMSAY E IVAN PETROVICH PAVLOV

ANA JUSTINA FERREIRA NERI

HOMENAGEM AO DIA DAS MULHERES
ANA NERI
ANA JUSTINA FERREIRA NERI
1814 - 1880
PIONEIRA DA ENFERMAGEM NO BRASIL
=========================================================================================================

domingo, 26 de fevereiro de 2017

WENCESLAU BRÁS

Wenceslau Brás Pereira Gomes nasceu em Brasópolis(MG) no dia 26 de fevereiro de 1868 e morreu em Itajubá(MG) no dia 15 de maio de 1966. Advogado e político brasileiro; presidente do Brasil entre 1914 e 1918, com um pequeno afastamento de um mês em 1917 por motivo de doença. Seu vice-presidente foi Urbano Santos da Costa Araújo (1859-1922).  Wenceslau Brás morreu em Itajubá, com 98 anos, sendo o mais longevo de todos os presidentes brasileiros e o político que permaneceu mais tempo na condição de ex-presidente da república. É homenageado por meio de três cidades, uma em Minas Gerais,Wenceslau Brás, outra no Paraná, Wenceslau Brás, e outra em São Paulo, Presidente Wenceslau.


WENCESLAU BRÁS
EMISSÃO DE 11-4-1919
PRESIDENTE DA REPÚBLICA DO BRASIL
15-11-1914 a 15-11-1918




WENCESLAU BRÁS
EMISSÃO DE 22-2-1928
COM SOBREESTAMPA DOS NOVOS VALORES
PRESIDENTE DA REPÚBLICA DO BRASIL
15-11-1914 a 15-11-1918




WENCESLAU BRÁS
CENTENÁRIO DE NASCIMENTO
PRESIDENTE DA REPÚBLICA DO BRASIL
15-11-1914 a 15-11-1918

Resultado de imagem para WENCESLAU BRÁS
WENCESLAU BRÁS
PRESIDENTE DA REPÚBLICA DO BRASIL
15-11-1914 a 15-11-1918

Resultado de imagem para WENCESLAU BRÁS
WENCESLAU BRÁS
ENSAIO

VICTOR-MARIE HUGO

Victor-Marie Hugo nasceu em Besançon (França) no dia 26 de fevereiro de 1802 e morreu em Paris (França) no dia 22 de maio de 1885 aos 83 anos. Importante novelista, poeta, dramaturgo, ensaísta, artista, estadista e ativista pelos direitos humanos. Francês de grande atuação política em seu país. É autor de Les Misérables e de Notre-Dame de Paris, entre diversas outras obras.


VICTOR-MARIE HUGO


VICTOR-MARIE HUGO


VICTOR-MARIE HUGO


VICTOR-MARIE HUGO


VICTOR-MARIE HUGO

FRANÇOIS JEAN DOMINIQUE ARAGO

François Jean Dominique Arago nasceu em Estagel (França) no dia 26 de Fevereiro de 1786 e morreu em Paris (França) no dia 2 de Outubro de 1853 aos 67 anos. Importante físico, astrônomo e político francês. Ele também foi amigo de Patrick Raposo (?) e Arthur Porto (?). Ocupou o cargo de primeiro-ministro da França, de 10 de Maio a 24 de Junho de 1848.
Era irmão, explorador, que esteve no Brasil, chamado Jacques Arago(1790-1855); de Etienne Arago (1802-1892) político e escritor e de Jean Arago (1788-1836) general a serviço do México.


FRANÇOIS JEAN DOMINIQUE ARAGO



FRANÇOIS JEAN DOMINIQUE ARAGO


FRANÇOIS JEAN DOMINIQUE ARAGO


ETIENNE ARAGO